NOTÍCIAS
NOTÍCIAS

 

 

Coluna “Made in Paraná” da Gazeta do Povo destaca história do Grupo Rejaile

O LIDE-PR lançou em junho deste ano a coluna “Made In Paraná”, um espaço onde serão publicadas histórias de empresas paranaenses com o objetivo de dar visibilidade ao empreendedorismo do estado, e inspirar os diversos setores através do exemplo de trajetórias de sucesso.


Em sua primeira publicação contando a história de uma empresa paranaense, a coluna apresentou a trajetória do Grupo Rejaile. Confira o texto na íntegra!


Fonte: https://www.gazetadopovo.com.br/gpbc/lide-parana/grupo-rejaile-se-torna-exemplo-de-lideranca-enraizada-nos-valores-do-patriarca/


Grupo Rejaile se torna exemplo de liderança enraizada nos valores do patriarca


O sucesso de uma empresa familiar se mede pelo grau de maturidade dos seus gestores, pelo estilo de governança e, principalmente, pelo respeito entre seus administradores. É isso que se vê no trabalho do Grupo Rejaile, que emprega diretamente mais de 500 colaboradores, e mesmo com o impacto econômico causado pela pandemia, tem mostrado crescimento nos últimos meses.


Em fevereiro de 1949, a família de origem humilde libanesa chegou ao Brasil. Cristãos, saíram do Líbano onde sofriam perseguição religiosa. Vieram em busca de melhores condições de vida para seus quatro filhos. Maurício Chicre Abou-Rejaile, o quinto filho da família, nasceu na zona da mata mineira, nove meses depois que seus pais chegaram à América.


A relação de Maurício com o setor de infraestrutura começou cedo. Trabalhando em uma empresa de engenharia em Minas Gerais, aos 19 anos foi transferido ao Paraná para trabalhar em obras de construção de rodovias, estradas de ferro e barragens. Famílias libanesas são tradicionalmente ligadas ao comércio, e seu irmão mais velho veio para o Paraná em 1973, quando comprou um posto de combustíveis. Seguindo os passos do irmão, em 1975, Mauricio também começa a trabalhar na revenda de combustíveis.


Em 1994, passados 19 anos, com os negócios de Maurício Rejaile em expansão, o registro de distribuidor de combustíveis é finalmente concedido pelo extinto Departamento Nacional de Combustíveis, atual Agência Nacional de Petróleo. Com isso, em 1995 iniciam-se as atividades na RDP Petróleo. Maurício Rejaile passava, assim, da revenda para distribuição de combustíveis.


"Em 2006 tivemos muitas dificuldades com a economia do país, éramos uma empresa pequena brigando com gigantes. Vivemos uma grande crise e pensamos inclusive em vender a empresa, achávamos que fosse impossível continuar. Mas, em família, decidimos permanecer no mercado. Felizmente resistimos, respeitando nossos princípios", destaca o patriarca, que conta que foi esta crise que alimentou a vontade de vencer e conquistar novos rumos para o grupo. Foi a partir deste episódio que a RDP Petróleo passou a conquistar uma fatia cada vez maior do mercado.


Nesta época havia uma série de denúncias de fraudes no mercado de combustíveis, o que motivou Maurício Rejaile a procurar a delegacia do Ministério de Minas e Energia em SC, para pleitear uma forma de aumentar a fiscalização para separar o "joio do trigo”, pois estavam competindo em um mercado entre sonegadores e fraudadores. Foi neste momento que o presidente do Grupo Rejaile fundou, junto com autoridades do MME em SC, o Comitê Sul Brasileiro de Qualidade dos Combustíveis, para que ao lado dos órgãos públicos pudesse atuar de forma conjunta com o intuito de auxiliar na fiscalização e no combate às fraudes fiscais e adulterações.


Hoje, Maurício Rejaile é presidente da BRASILCOM – Federação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis, Gás Natural e Biocombustíveis – entidade que congrega vários sindicatos estaduais e que tem o propósito de lutar pela ética, combate à fraude e pela livre concorrência no mercado de distribuição de combustíveis. É também coordenador da Câmara Brasileira do Comércio de Combustíveis da CNC – Confederação Nacional do Comércio.


"Quando se assume este protagonismo, de forma transparente, você fica completamente exposto e, muitas vezes, é o primeiro a ser fiscalizado. Não precisamos mudar nada, apenas seguir trabalhando. Dei meu nome à empresa e aqui trabalham meus quatro filhos porque acredito no valor do trabalho e no que estamos construindo, gerando empregos de forma honesta e dentro da legalidade", destaca.


Hoje trabalham no Grupo Rejaile, seus filhos Jefferson, Maurício Filho, Melina e Rafael, cada um cuidando de áreas estratégicas, cultivando valores que vêm da família e que são vividos no negócio. "Meu pai sempre ouviu os filhos. O tempo todo somos instigados a opinar e participar ativamente de todos os assuntos”, destaca Jefferson Rejaile, um dos filhos, e diretor comercial do Grupo.


Atualmente, além da RDP Petróleo, o Grupo Rejaile é composto também pela Biopreserve Soluções Ambientais, empresa com atividades nas áreas de gestão ambiental, engenharia civil e geologia para postos de combustíveis e outros segmentos, e a Rede Mediterrâneo de Postos de Combustíveis, com 26 unidades em diferentes estados.


Dentro da RDP Petróleo, a área de armazenagem se destaca com duas bases de distribuição de combustíveis e biocombustíveis. Uma delas em Itajaí-SC, com capacidade de movimentação de 600 milhões de litros de combustíveis por ano, locando espaço para outras empresas de combustíveis como a BR Distribuidora. Além da base de Itajaí, destaca-se também a base de Araucária-PR, com capacidade de movimentação de até 1 bilhão de litros por ano. Hoje o Grupo Rejaile, com matriz em Curitiba, tem negócios nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais.


O patriarca que trabalhou na estrada de ferro Central do Paraná, no trecho de Ponta Grossa a Apucarana, na construção da barragem de Salto Osório em Quedas do Iguaçu, nos muros de arrimo da BR 277 de Curitiba a Paranaguá, hoje de forma diferente continua colaborando com o desenvolvimento da infraestrutura do Paraná, com participação importante no desenvolvimento logístico e na pauta de combustíveis e biocombustíveis do país.


Sobre o momento que estamos vivendo com a pandemia, o diretor do Grupo Rejaile, Jefferson Rejaile, ressalta que “a primeira preocupação logo no início da pandemia foi a preservação de vidas e empregos, mesmo com a restrição de mobilidade e diminuição dos negócios. As pessoas foram trabalhar em casa, e as que não conseguiam exercer sua atividade em home office, foram afastadas para que não ficassem expostas à doença. Toda esta situação nos transmite novos valores, e enxergo que a postura das empresas em relação às pessoas será cada vez mais importante ".

O Grupo Rejaile é filiado ao LIDE Paraná. Exemplo de empreendedorismo, de empresa familiar liderada por princípios éticos e onde seus líderes não se preocupam apenas com o lucro, mas em contribuir para uma sociedade mais próspera e humana. Semanalmente nesta coluna o LIDE Paraná trará exemplo de empresas e empreendedores paranaenses que venceram momentos de adversidades e são exemplos a se inspirar em um momento como o que estamos vivendo.

Postado em: 23-06-2020
Fonte: Gazeta do Povo

© COPYRIGHT RDP PETRÓLEO - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
  Utilizamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site.
Ao clicar em “Aceitar” , você concorda com o armazenamento de cookies em seu dispositivo.
Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade.